sábado, 11 de maio de 2013

Maio: Mês da África.


O mês de maio é considerado o Mês da África e para celebrar, a Universidade de Brasília (UnB), em parceria com o Centro de Convivência Negra (CCN), a União dos Estudantes Africanos em Brasília da UnB e as embaixadas dos países africanos no Brasil, promove eventos dos dias 07 a 31 de maio. A abertura aconteceu anteontem (7), no auditório da Fundação Cultural Palmares, em Brasília, e discutiu o tema Afrocentricidade a partir de palestra do doutorando em Farmacologia, de Camarões, Martin Fonkoua.
As comemorações têm como objetivo debater a cultura e o desenvolvimento social, político e econômico do continente africano, bem como os desafios que os países enfrentam desde as suas independências. Para tanto, estão agendadas exposições, debates, seminários e apresentações culturais.
A abertura contou com a presença do presidente da FCP, Hilton Cobra, que enfatizou a importância de se redescobrir a África, para que o brasileiro reconheça sua identidade, para ele,“é muito importante divulgar as culturas africanas. No Brasil, não nos foi permitido ser negros, descobrimos essa identidade de forma tardia. O continente africano foi devastado pela colonização, assim como o Brasil.” Cobra agradeceu a oportunidade de participar do evento e colocou a Fundação a disposição para os debates.
Alberto Francisco, presidente da União de Estudantes Africanos, participou do debate e pontuou que “o mês de maio é importante para nós, não só para comemorar a independência, mas para mostrar a verdadeira África para o Brasil e trocar experiências”.  Martin Fonkoua,  ressaltou  a importância de afirmar as culturas africanas , para superar o ranço da colonização européia. Martin também reafirmou a importância da integração com os brasileiros: “para os africanos, os brasileiros são parte de nós”, concluiu.

Serviço:
Programação Mês da África em Brasília
9 de maio de 2013
Seminário: Nova fase de desenvolvimento dos países africanos e parcerias com a China e o Brasil; Relações comerciais entre o Brasil a China e Angola e Síntese histórica da presença das multinacionais petrolíferas em Angola (1975-1992)
Palestrantes: Carlos Simba Sumbo, José de Jesus João Ferreira, Pio Penna Filho, Dr.
Local:Departamento do Instituto de Relações Internacionais – UnB
Horário: 14 hs.

De 13 a 17 de maio
Exposição Africana
Abertura da Exposição Africana
Local: Hall da Biblioteca Central da Universidade de Brasília.
-
Quarta, 15 de maio
Seminário: África Ciência e tecnologia: Contribuições à Civilização Mundial
Palestrante: Daniel Arthur NnangMetogo, doutorando em Engenharia Civil
Horário: 8h30
Local: Instituto de Ciências Biológicas(IB). Auditório 3
Seminário: Economia Africana
Palestrante: Dr. Ivair Alves dos Santos, Coordenador do CCN.
Horário: 10h30
Local: Instituto de Ciências Biológicas(IB). Auditório 3
Almoço: Cardápio Africano: Cachupa (Cabo Verde) e Cuscuz Marroquino
Local: Restaurante Universitário da Universidade de Brasília.
Seminário: A Arte Africana
Palestrante:Hernany dos Reis, graduando em Arquitetura
Horário: 14h00
Local dos seminários: Instituto de Ciencias Biologicas(IB) UnB. Auditório 3

Quinta-feira, 16 de maio
Seminário: Amílcar Cabral e a Educação na Guiné-Bissau.
Palestrantes: Gaudêncio Pedro da Costa, especialista em Gestão de Projetos PMBOK, FatúmataYonton Camará, graduando em Letras, Hiaosmin V. Tavares Costa, graduando em Biblioteconomia.
Horário: 14h00
Local:Instituto de Ciencias Biológicas(IB) UnB. Auditório 3
- Informações: (61) 3107 3425/26  

Fonte: Fundação Cultural Palmares. 


Nenhum comentário:

Postar um comentário