quinta-feira, 21 de setembro de 2017

ATENÇÃO: no dia 10 de outubro, LEAFRO realizará na UNEB CAMPUS XIII, atividades voltadas para o ensino e história da África é diáspora.



O Laboratório de Estudos Africanos e Espaço Atlântico (LEAFRO) consistem em um espaço que reúne professores e estudantes do Departamento de Educação/Campus XIII da UNEB, assim como outros colaboradores, interessados nos estudos sobre populações negras.
O LEAFRO acolhe atividades das mais variadas possíveis que tenham caráter formativo e de atualização profissional, constituindo um projeto guarda-chuva de ações extensionistas sobre os diferentes aspectos das populações negras no Brasil, na África e na Diáspora.
Busca atender a orientação fundada no ensino, pesquisa e extensão acadêmica , objetivar uma estrutúra que busque contemplar as principais questões demandadas  pelas comunidades locais no tocante ao conhecimento sobre as populações negras em diferentes espaços e temporalidades, considerando suas especificidades históricas, políticas, culturais e conjunturais.
Desta forma busca-se elaborar ações que possibilite o fomento de ferramentas necessárias para instrumentalizar os professores oriundos do curso de licenciatura em História da UNEB – Campus XIII assim como docentes da rede pública de Educação Básica da região. 


Programação


Oficina: Ensino de História da África no Brasil: Desafios e perspectiva
Responsável: Mestrando Lucival Fraga dos Santos – UFBA
Horário: 13h00min
Local: Auditório da UNEB – CAMPUS XIII
Carga horária: 04 horas
 
Conferência: Culturas e Rebeldias no espaço Atlântico
Data: 10 de outubro de 2017
Horário: 19h00min
Local: Auditório da UNEB – CAMPUS XIII
Carga horária: 04 horas



Conferencistas:
Doutorado em História Social pela Universidade Federal Fluminense (2010). Atualmente é professora Adjunta B da Universidade Estadual de Feira de Santana (UEFS) e do Programa de Pós-Graduação/Latu Sensu, Especialização em História da Bahia (UEFS). É membro dos GTs da ANPUH-BA.

Dra. Cristiane Batista – UNEB
Doutora em Estudos Étnicos e Africanos no CEAO\UFBA. É Professora do Departamento de Educação lecionando História da África e Laboratório do Ensino de História na UNEB campus XIII e Professora do Curso de Pós-graduação em Educação Profissional.

Dra. Patrícia Valim – UFBA
É Doutora em História Econômica (2013), pela Universidade de São Paulo. Atualmente é Professora de História do Brasil Colonial no Departamento de História da UFBA.
 

quarta-feira, 23 de agosto de 2017


UNEB CAMPUS XIII marca presença no 3º Encontro do GT História do Atlântico e da Diáspora Africana





No dia 18 de Agosto deste, na cidade de Cachoeira – Ba, ocorrera o 3º Encontro do GT História do Atlântico e da Diáspora Africana, fundado em 02 outubro de 2014, durante o VII Encontro Regional da Associação Nacional de História – Seção Bahia.
O GT vem sistematicamente trabalhando no sentido de: Integrar pesquisadores e professores interessados nos temas afins; Promover a produção de pesquisa, estudos, debates e eventos; Articular as produções de História do Atlântico e da Diáspora Africana com a Formação Continuada de Professores da Educação Básica.
Em suas reuniões anuais são discutidos temas de pesquisa e aproximações teóricas e metodológicas dos pesquisadores que integram o GT, bem com o planejamento de atividades para o ano seguinte.
Prof. Dr. Josilvado de Oliveira / Roney de Carvalho
Entre outras instituições que marcaram presença neste espaço, tivemos a participação de membros do corpo docente é discente da UNEB – CAMPUS XIII, o Prof. Dr. Josivaldo Pires de Oliveira é o graduando em História Roney Boaventura de Carvalho que apresentaram resultados parciais de suas pesquisas e somaram aos debates que estimulam o livre pensamento e o espírito democrático. Estes últimos tão ameaçado atualmente em nosso país.

terça-feira, 18 de julho de 2017

Apresentação do novo mestrado da UNEB.

N
No dia 12 do 7 de 2017, no auditório da UNEB XIII, foi apresentado para os alunos do curso de história, na figura do professor Ivaldo Marciano o novo mestrado multidisciplinar da UNEB que oferece a aqueles que tem suas linhas de pesquisa ligadas ao estudo da África, negros é "índios" a oportunidade de adentrarem em um mestrado e desenvolverem suas pesquisas.
Sabendo pois das particularidades e mesmo da dificuldade que é uma seleção de mestrado, os professores Dr. Josivaldo Pires e Drª Cristiane Batista, hoje responsáveis pelo eixo de África na instituição, se comprometeram em ajudar os discentes que pretendem seguir para o mestrado com pesquisa referentes ao continente africano, capacitando-os para fazerem a seleção mais bem preparados. 
No mais o evento foi muito proveitoso, pois apesar de ter durado pouco muitos colegas puderam, tirar duvidas e aprender mais sobre a situação da UNEB no que tange a pesquisa e Mestrado e mesmo sobre a História da África.